O Financiamento Estudantil do Ensino Superior - FIES - é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares. O estudante pode solicitar o financiamento no período de inscrição divulgado pelo MEC através de Edital.

O FIES é um programa do Governo Federal que financia as mensalidades em cursos de graduação de instituições de ensino superior privadas. Apesar de ter tido modificações a partir de 2015, é, ainda, uma excelente forma de você ter o seu sonho realizado de ter uma profissão de nível superior. O financiamento é para todo o curso e os juros são os mais baixos do mercado, de 6,5% ao ano. Você poderá financiar até 100% de sua mensalidade e pagará, trimestralmente, apenas R$150,00 para o abatimentod e juros. As mensalidades só começarão a ser pagas, efetivamente, após de 18 meses depois de formado. Funciona assim:

  • Fase de utilização: durante todo o curso, se você financiou 100% das mensalidades, pagará apenas R$150,00, a cada trimestre, a título de abatimento de juros.
  • Fase de carência: após ter formado, você continuará pagando R$150,00 a cada semestre e mais nada durante 18 meses.
  • Fase de amortização: após os 18 meses de carência, o saldo devedor será parcelado em até 3 vezes o período financiado durante o curso.

Exemplo: se uma aluno financiou 3 anos de curso, ele terá, depois de formado, até 10 anos e meio para poder pagar (3 anos x 3 + 18 meses de carência). Não é interessante?

Como o Governo Federal mudou as regras a partir de 2015, cursos com maiores notas no MEC iguais aos do UNIPAM podem receber mais recursos. Entretanto, essa distribuição é feita a cada semestre de acordo com as regras do edital semestral.


  • Ter realizado qualquer prova do ENEM a partir de 2010, tendo média de, no mínimo, 450 pontos e não ter zerado a redação, para concluintes do ensino médio a partir de 2010.
  • Para concluintes do ensino médio antes de 2010, não é necessário ter realizado ENEM.
  • Possuir renda familiar por pessoa de até 3 salários mínimos.
  • Não ter concluído nenhum curso superior.
  • Não ter sido beneficiado pelo FIES em outro momento.



UNIPAM e um mundo de oportunidades!